O que é Dependência Química ?

“Segundo definição da OMS, dependência química é: Estado caracterizado pelo uso descontrolado de uma ou mais substâncias químicas psicoativas com repercussões negativas em uma ou mais áreas da vida do indivíduo”.

Tal estado, assim como tal descontrole pode ser episódico ou permanente, mas tende a tornar-se progressivo com o passar do tempo. o cérebro jamais esquece a sensação provocada pela droga, sendo necessária total abstinência para a recuperação.

A dependência química é uma doença primária,crônica, progressiva e de determinação fatal. É uma doença multidimensional e multifacetada, ou seja, atinge o indivíduo em diversos níveis: Físico, Mental, Emocional e Espiritual

A Dependência Química é uma doença decorrente mais de uma pane na química cerebral do que um colapso do caráter. A Organização Mundial da Saúde – OMS define a dependência química como um estado psíquico e físico que sempre incluem uma compulsão de modo contínuo ou periódico, podendo causar várias doenças crônicas físico-psíquicas, com sérios distúrbios de comportamento. Pode também, ser resultado de fatores biológicos, genéticos, psicossociais, ambientais e culturais, considerada hoje como uma epidemia social, pois atinge toda gama da sociedade, desde a classe social mais elevada a mais baixa. A Classificação Internacional de Doenças – CID-10 define-a como transtornos mentais e de comportamento decorrentes do uso de substâncias psicoativas.

A Dependência Química não e um hábito, nem um vicio, nem um sintoma de transtorno da personalidade; é uma enfermidade primaria crônica, progressiva e de terminação fatal que afeta todos os aspectos da pessoa: físico, mental, emocional, espiritual e social requerendo uma abordagem que integre e intervenha em todos estes elementos em um tratamento global.

O objetivo principal desta casa é a recuperação de dependentes. A base deste trabalho é a bíblia com sua mensagem central, o amor de Deus em Cristo Jesus.
O período de internação será de 07 meses. Havendo necessidade será prorrogado por um período maior, após análise da equipe técnica.
Durante os 07 meses, a entidade estará realizando um programa de recuperação que se irá perfazer ao longo da vida do interno.
A colaboração dos familiares neste procedimento é de suma importância para a manutenção e